10 nov 2011
Notícias

Cenários e Perspectivas da Pan-Amazônia abrirá diálogo sobre desenvolvimento sustentável entre países da bacia amazônica

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais

– Fórum Amazônia Sustentável

Pesquisadores, comunitários, empresários e organizações socioambientais do Brasil, Bolívia, Equador, Colômbia, Peru e Venezuela se reúnem nos dias 16, 17 e 18 de novembro em Belém para discutir desafios e oportunidades comuns na perspectiva do desenvolvimento sustentável da Amazônia. Esses países têm em comum muito mais do que parte de seus territórios cobertos pela maior floresta tropical do planeta.

Eles compartilham a responsabilidade de conservar para o futuro a floresta, tão importante, internamente para seus povos, quanto para o resto da humanidade. Por outro lado, têm à disposição mananciais de recursos naturais e riqueza biológica que, explorados de modo sustentável, poderão levá-los a uma forma de desenvolvimento capaz de gerar economias robustas sem destruir a floresta.

Esse desenvolvimento, porém, ainda é uma meta ambiciosa. Mas há claros sinais de que essa é uma das tarefas que os países amazônicos devem assumir juntos nas próximas décadas se quiserem enfrentar desafios como as mudanças climáticas, o desmatamento, as drásticas mudanças no uso do solo e a exploração desregrada do ambiente, incluindo aí diversas formas de apropriação indevida, desrespeito aos direitos dos povos das florestas e as políticas públicas equivocadas.

A Amazônia é parte fundamental do equilíbrio ambiental do planeta. As abordagens sobre sustentabilidade na região serão ainda mais efetivas se países que integram o bioma amazônico ampliarem o foco do debate para além de suas fronteiras.

É isso que propõe o evento ‘Cenários e Perspectivas da Pan-Amazônia’: uma visão mais ampla e integrada da região, com ênfase nos problemas e oportunidades comuns. O evento também evidenciará soluções que já começam a despontar entre inúmeras iniciativas que vêm da floresta, dos povos tradicionais, das instituições de pesquisa, das políticas públicas inovadoras e da ação visionária de empresas que decidiram trabalhar por uma nova economia lastreada no uso sustentável da biodiversidade e dos recursos naturais.

O primeiro dia do evento terá uma programação comum às duas organizações, com o foco nos temas que afetam indistintamente os países amazônicos, como é o caso das mudanças climáticas, desmatamento, perda de biodiversidade, economia verde e direitos dos povos das florestas.

No segundo dia, haverá o debate de temas nacionais e oficinas de intercâmbio de experiências. No último dia, o Fórum Amazônia Sustentável realizará seu V Encontro Anual e a Articulação Regional da Amazônia fará a reunião de sua executiva, encerrando este evento que marca uma nova fase para o desenvolvimento sustentável integrado da região.

Patrocinadores:

Agropalma, Alcoa, Banco da Amazônia, Fundação Avina, Fundo Vale, GIZ, Natura, Organização do Tratado de Cooperação Amazônica – OTCA, Petrobras, Vale e Wal-Mart Brasil.

Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo