26 set 2016
Notícias

Bem estar animal e Guia de Indicadores da Pecuária Sustentável são tratados em dia de campo

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais

Os temas do Dia de Campo partiram do Manual de Práticas para Pecuária Sustentável, desenvolvido pelo Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS).

A mastite é uma inflamação das glândulas mamárias que comumente atinge os animais produtores de leite e interfere na qualidade do produto. “É um problema sanitário e também de bem estar, porque causa dor”. Esta foi uma das informações apresentadas por Eduardo Florence, coordenador regional da Iniciativa Pecuária Sustentável do Instituto Centro de Vida (ICV) durante o Dia de Campo do 1º Encontro Técnico de Boas Práticas na Pecuária, realizado no último sábado, 24, na Estância London, propriedade de 42 alqueires em Alta Floresta, norte de Mato Grosso.

Florence apresentou o conceito de bem estar, que é “um estado de completa saúde física e mental, em que o animal está em harmonia com o ambiente que o rodeia”. Ele pode variar entre muito ruim e muito bom, tendo efeito sobre a saúde dos animais, sobre a eficiência produtiva e sobre a qualidade dos produtos, além de ser uma demanda da sociedade.

Melhorar o sistema de ordenha é uma das soluções de baixo custo apresentadas por Florence. A consequência disso é a melhora na produtividade, na qualidade do leite, e portanto, no lucro da atividade leiteira. A Estância London, que abriu suas porteiras para receber os visitantes, possui 130 cabeças de gado e é uma unidade demonstrativa do Projeto Rural Sustentável. Este projeto é desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e visa melhorar as práticas produtivas, mitigando os impactos da produção.

Dia de campo encerrou o 1º Encontro Técnico Boas Práticas na Pecuária que iniciou dia 22 com palestras teóricas.

Dia de Campo foi organizado pela Escola Técnica de Alta Floresta e encerrou o encontro que iniciou na quinta-feira, 22, com palestras teóricas.

Crenilda Castorim, proprietária da London, participou atenta de todas as estações do Dia de Campo. Entre os planos que surgiram dos aprendizados feitos está o plantio de árvores para sombreamento do rebanho, importante item para o bem estar. Além dos benefícios para o gado a ação pode trazer ainda mais ganhos ao escolher madeiras que tenham potencial econômico. “É muito importante reunir as informações de quem trabalha e vive a situação e de quem estuda, para juntos chegar nas soluções”, destacou Crenilda sobre a sua postura de busca constante por informação. A propriedade dela também faz parte do projeto Olhos D’Água da Amazônia, que apoiou o fortalecimento da gestão ambiental através da recuperação de áreas degradadas no município de Alta Floresta, norte de MT.

Nutrição do rebanho, manejo da pastagem, reprodução e melhoramento, além da sanidade do rebanho, foram os temas tratados nas cinco estações que fizeram parte do dia de campo. Os temas partiram do Manual de Práticas para Pecuária Sustentável, desenvolvido pelo Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) e apresentado por Francisco Beduschi, presidente do GTPS e coordenador da Iniciativa Pecuária Sustentável do ICV. Segundo Beduschi “o objetivo do Manual é de ser uma ferramenta para auxiliar o pecuarista a tomar a melhor solução para o seu caso”. O dia de campo encerrou o 1º Encontro Técnico Boas Práticas na Pecuária, organizado pela Escola Técnica de Alta Floresta, que iniciou na quinta-feira, 22.

Boas práticas agropecuárias e bem estar animal integram o Manual de Práticas para Pecuária Sustentável.

Boas práticas agropecuárias e bem estar animal integram o Manual de Práticas para Pecuária Sustentável.

A participação do ICV no encontro faz parte das atividades da Iniciativa de Pecuária, que desenvolve o Programa Novo Campo para adoção das boas práticas agropecuárias (BPAs) em fazendas de pecuária na Amazônia. As BPAs fazem parte do Manual do GTPS e o ICV já realizou um curso sobre bem estar animal em setembro de 2015. Francisco Militão, pecuarista do Programa Novo Campo e um dos alunos do curso de 2015, também era um dos participantes que ouvia as explicações nos cinco espaços temáticos. “É sempre importante manter-se atualizado e reforçar os conhecimentos”, comentou o produtor.

Leia mais

ICV dá início ao processo de monitoramento das fazendas do Programa Novo Campo

Bem-estar animal está entre os preceitos difundidos pelo Programa Novo Campo

Saiba mais sobre o Programa Novo Campo

Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo