Estudos e Análises

Características do desmatamento na Amazônia mato-grossense em 2019

Compartilhe nas redes sociais

Mato Grosso registrou em 2019 a maior taxa de desmatamento dos últimos onze anos e continua um dos estados que mais desmata a Amazônia brasileira. De agosto de 2018 a julho de 2019, foram mapeados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) 9.762 km² de áreas desmatadas em todo o bioma. Isso representa um aumento de 30% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Mato Grosso foi responsável por 17% dessa destruição, o que representa 1.685 km², área maior que o município de São Paulo.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO AQUI

A seguir apresentamos as características do desmatamento em 2019 em Mato Grosso, detectado pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), conduzido pelo Inpe. O estudo abrange a concentração dessas áreas nos municípios, ocorrências por categoria fundiária, tamanhos dos polígonos, análise da ilegalidade, além de um diagnóstico sobre a fiscalização dos órgãos ambientais competentes.

Clique para visualizar

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo