04 nov 2009
Notícias

Informações colaboram com a gestão ambiental do Território Portal da Amazônia

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais

– Augusto Pereira / Estação Vida

No “Seminário Gestar: Resultados e cenários futuros do Território Portal da Amazônia” a apresentação da Avaliação Ambiental Integrada (AAI) foi um dos destaques do primeiro dia. A AAI é um estudo a partir de dados secundários sobre as características geográficas, econômicas e ambientais do Território. Realizado pelo projeto Gestar (Gestão Ambiental Rural) o estudo se propõe a fornecer dados técnicos para otimização da agricultura, da ocupação da região e da sua gestão ambiental.
Alguns dados surpreendem mesmo quem vive no Portal há muito tempo. O TPA se expande da bacia do Xingu à bacia do Tapajós. Nesta as duas sub bacias, Juruena e Teles Pires, ocupam a maior porção do TPA.  A bacia do rio Telles Pires é a que tem maior área no TPA e é a que tem o menor índice de áreas protegidas em Mato Grosso. As suas cabeceiras estão na área dos municípios com maiores ares de plantio de soja.
À tarde, quatro municípios apresentaram suas experiências de gestão ambiental.  Colíder, Marcelândia, Carlinda e Alta Floresta mostraram que problemas parecidos podem ter caminhos diferentes para a solução. “Em 2005 não tínhamos um mapa de Marcelândia agora produzimos os nossos mapas”. Diz Sirleni Juliani, secetária de Meio Ambiente de Marcelândia.
O seminário vai até amanhã, no salão Tucano, do Hotel Floresta Amazônica, em Alta Floresta. Os dados da AAI serão disponibilizados para escolas, poder público e as diversas instituições do Território.
Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo