Oficina discute transparência ambiental com gestores da Sema

Oficina discute transparência ambiental com gestores da Sema

Um evento de capacitação realizado na terça-feira (9) na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) promoveu a discussão com gestores públicos sobre os temas da transparência, do acesso à informação e dos dados abertos.

A oficina, resultado de parceria entre o Instituto Centro de Vida (ICV), o Instituto de Governo Aberto (IGA) e a SEMA-MT, abordou os conteúdos de forma dinâmica, estimulando a interação entre os participantes. Além da transparência ativa e passiva, o evento discutiu pontos como a agenda global e os desafios para implementar a Lei de Acesso à Informação.

“O objetivo foi promover dentro do órgão a cultura da transparência dos dados públicos, mas também apresentar experiências bem sucedidas que os inspirem”, afirmou a coordenadora de Transparência Ambiental do ICV, Ana Paula Valdiones.

A oficina foi aberta pelo Secretário Executivo da Sema, Alex Marega, que enfatizou o dever legal dos servidores em relação ao tema. “Todos têm a obrigação de prestar contas à sociedade”, afirmou.

Por meio do uso de smartphones, os gestores se colocaram no lugar dos usuários e puderam experimentar as dificuldades de acesso às diferentes informações públicas.

“Trouxemos muitos conteúdos de forma mais dinâmica, para extrair o que eles consideram como transparência”, disse Vanessa Menegueti, cofundadora do IGA e uma das facilitadoras da atividade.

A diretora-adjunta do ICV, Alice Thuault, participou da oficina e destacou sua importância no contexto atual. “A transparência ambiental possibilita a governança dos recursos naturais”, afirmou.

O responsável pela unidade de Transparência da SEMA, Gabriel Vitoreli, reforçou a necessidade de sensibilizar os servidores , “principalmente em relação à transparência das políticas públicas ligadas à área ambiental”.

A oficina durou o dia todo e reuniu cerca de 50 participantes.