ICV comemora 28 anos com plantio de árvores do Cerrado em Cuiabá

ICV comemora 28 anos com plantio de árvores do Cerrado em Cuiabá

O ICV comemorou seus 28 anos plantando mais sombra, mais chuva, mais qualidade de vida para a cidade de Cuiabá. Foram cerca de 100 mudas de árvores do Cerrado, em um mutirão que reuniu mais de 50 pessoas no entorno da Arena Pantanal durante toda a manhã de domingo (14).

“É uma longa caminhada, enfrentando muitos desafios e buscando levar à sociedade a importância da sustentabilidade. Muito já foi feito, mas este é um momento difícil, em que temos que buscar continuar com ainda mais força”, afirmou Sérgio Guimarães, um dos fundadores da entidade.

Uma semana após o aniversário da cidade de Cuiabá, o plantio comemorativo não apenas marcou as comemorações do ICV, mas foi como um segundo presente para a cidade. O primeiro foi a análise da cobertura vegetal da capital de Mato Grosso nas últimas três décadas, divulgado na semana anterior.

O estudo mostrou que Cuiabá perdeu 17% de sua vegetação nativa nas três últimas décadas, resultado de expansão urbana desordenada, ocupações irregulares e obras de infraestrutura malplanejadas ou mal-executadas, como a malfadada construção do VLT.

“Plantar 100 árvores talvez seja pouco para uma cidade que enfrenta problemas como as ilhas de calor, mas cada árvore conta para uma cidade melhor. Tal como o ICV, que é apenas uma árvore no ecossistema de organizações que trabalham pela sustentabilidade do planeta”, refletiu Alice Thuault, diretora adjunta do ICV.

No evento, foi feita também uma exposição de estudos, livros e panfletos sobre iniciativas do ICV, especialmente na região norte de Mato Grosso. A diversidade de ações e os resultados chamaram a atenção de muitos participantes do evento.

O alta-florestense Renato Farias, diretor executivo da instituição, destacou a capacidade de diálogo como uma das marcas desses 28 anos de história. “O ICV atua próximo aos mais diversos desafios socioambientais, dialoga com os mais diversos públicos e exerce o seu papel de sociedade civil com um profundo e real comprometimento na busca de soluções”, disse.

300 mil árvores para Cuiabá

O mutirão de plantio foi realizado em parceria com o Projeto Verde Novo, promovido pelo Juizado Especial Volante Ambiental (Juvam) junto da Prefeitura de Cuiabá. A meta do projeto é plantar 300 mil árvores em Cuiabá, em comemoração aos 300 anos da cidade.

Funcionária de uma creche nas imediações da Arena Pantanal, a servidora pública Rita de Cássia disse ter vindo ao evento do ICV atraída pelo desejo de contribuir com a recuperação do título de “Cidade Verde” da capital mato-grossense.

“Eu herdei essa paixão pelo verde do meu pai. Na creche na qual trabalho, já fiz várias atividades sobre plantio de árvores com as crianças. Gostei muito do evento”, disse ela.

Confira a análise da cobertura vegetal de Cuiabá. 

Fotos: 

Leia também: 

Cuiabá perdeu 17% de sua cobertura florestal em três décadas