24 jan 2017
Notícias

Taxas de desmatamento registradas no estado ameaçam redução dos últimos dez anos, aponta análise do ICV

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais

De acordo com os dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o estado de Mato Grosso desmatou, entre agosto de 2015 e julho de 2016, 1.508km² da floresta amazônica. Após ter registrado, em 2010 e 2012, taxas inferiores a 1.000 km², Mato Grosso está hoje firmando um patamar de desmatamento acima de 1.500 km². As informações constam na Análise do Desmatamento em Mato Grosso (Prodes/2016), divulgada esta semana pelo Instituto Centro de Vida (ICV). A análise aponta que, apesar da redução de 6% com relação ao ano anterior, o desmatamento continua com tendência de aumento, conforme tabela abaixo:

Prodes_2016

Outro dado que chama a atenção é que 95% do desmatamento (1.442km²) registrado em Mato Grosso no último ano é ilegal, ou seja, apenas 68,8 km² (4,6%) de todo o desmatamento identificado pelo Prodes entre agosto de 2015 a julho de 2016 foram realizados em áreas com autorização de desmate válidas. Dos 1.508 km² de desmatamento identificado no último ano, a análise apontou que 48% foi realizado dentro de imóveis com Cadastro Ambiental Rural (CAR). Destes, 50% está em propriedades acima de 1.500 hectares.

A análise também levantou os dados de fiscalização na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e constatou que, apesar do aumento da fiscalização ter ocorrido nos dois órgãos em 2016, as ações de comando e controle ainda são insuficientes para responsabilizar e deter a ocorrência de novos desmates ilegais. “As taxas observadas ameaçam hoje a redução de 44% atingida nos últimos dez anos. Sem aumento de esforços para o controle e redução do desmatamento, financiamentos de desmatamento evitado e recursos para transformação agrícola no estado estão em risco”, diz trecho do documento.

Confira a Análise do Desmatamento em Mato Grosso (Prodes/2016) completa:

Prodes 2016
Create column charts
Tags:

Categorias

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo