14 mar 2016
Notícias

Agricultores familiares participam de primeira roda de diálogo educomunicativa

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Agricultores se dividiram em grupos para responder questões sobre seus processos de comunicação. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

Agricultores se dividiram em grupos para responder questões sobre seus processos de comunicação. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

Como melhorar os diálogos internos e externos? Agricultores familiares da Associação dos Pequenos Produtores Rurais Juntos Chegaremos Lá, da Comunidade Novo Horizonte, no Projeto de Assentamento (PA) Nova Cotriguaçu, Cotriguaçu, Mato Grosso, fizeram pela primeira vez, este exercício de reflexão, durante roda de diálogo educomunicativa promovida pelo Núcleo de Comunicação do Instituto Centro de Vida (ICV), no último sábado (12/03).

Durante a atividade, destacaram a importância de melhorar o processo “boca-a-boca” e a produção de cartazes feitos à mão, que são os mecanismos que têm atualmente disponíveis. A meta do grupo é conquistar acesso a outros meios, como telefone público e torre de telefonia móvel e de internet próxima, além da melhoria do transporte escolar e de estradas vicinais de terra, que com as chuvas, ficam mais difíceis de transitar. “Para a gente chegar à comunidade de Nova Esperança, que tem orelhão (que nem sempre funciona), a distância é de cerca de 25 quilômetros”, explicou o agricultor Luiz Alberto Pereira Leite.

Segundo eles, as dificuldades não os desanimam,  e afirmaram estar dispostos a se empenhar para melhorar a situação. Para isso, estabeleceram como pauta principal de discussão com o poder público, as questões acima, ampliando seu alcance com apoio da comunidade. Em outra frente, pretendem utilizar a comunicação como valorização de suas produções rurais, que os ajude também a intensificar a sua participação em programas de incentivo ao segmento. Boa parte dos agricultores da Associação atua como fornecedora de leite a laticínios.

Para atingir estas metas, os pequenos produtores também batalham paralelamente pela regularização dos lotes junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Essa é uma questão central hoje no PA Nova Cotriguaçu.

A iniciativa educomucativa realizada pelo ICV terá prosseguimento em abril, quando reforçarão a mensagem central da Associação e estabelecerão o mapa de atores que precisam se comunicar, entre outros aspectos. As ações integram o Projeto Cotriguaçu Sempre Verde – Fase 2, que busca consolidar uma nova trajetória de desenvolvimento municipal, pautada na construção de soluções sustentáveis de produção e governança socioambiental. Os agricultores também recebem apoio técnico da equipe de Desenvolvimento Rural Comunitário da organização para melhorar sua capacidade socioprodutiva. A iniciativa tem apoio do Fundo Vale.

Veja também:

Agricultores familiares refletem sobre seus desafios de comunicação

Professores de escola do campo fazem um dia de imersão na educomunicação socioambiental

Estudantes iniciam horta em escola do campo de Cotriguaçu

4º Encontro de Saberes e Sabores reforça a importância da união comunitária

Cotriguaçu: jovens rurais elaboram vídeo que será apresentado no 4º Encontro de Saberes e Sabores

Alunos rurais, em Cotriguaçu, fazem seu primeiro jornal mural

Estudantes rurais dão os primeiros passos para produzir jornal mural de projeto

Jovens rurais se enveredam pelas ondas audiovisuais

Oficina de fotografia estimula jovens rurais a documentar seus projetos

*Atualização: 15/03/2016

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo