22 set 2015
Notícias

Cotriguaçu: diferentes gerações se encontram para exercitar a educação ambiental

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Dinâmica em tabuleiro gigante abordou questões importantes com dinâmica lúdica. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

Dinâmica em tabuleiro gigante abordou questões importantes com dinâmica lúdica. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

Trinta pessoas, entre jovens rurais e agricultores familiares, se reuniram no último dia 19 de setembro, na Fazenda São Nicolau, mecenato da Peugeot e ONF-Brasil, em Cotriguaçu, Mato Grosso, para exercitarem a prática da educação ambiental por meio de jogo lúdico em tabuleiro gigante, vivências na natureza e discussão sobre potenciais e gargalos das cadeias extrativistas locais de babaçu, castanha, horticultura e pecuária leiteira desenvolvidas nos Projetos de Assentamento (P.A.) Nova Cotriguaçu e Juruena. As atividades do Programa de Educação Ambiental da ONF-Brasil foram ministradas por educadores da organização em parceria com a equipe do Instituto Centro de Vida (ICV).

A dinâmica trouxe à tona questões importantes como o combate ao uso de agrotóxicos nas lavouras e pastagens como também iniciativas de jovens rurais da comunidade Ouro Verde, no Projeto de Assentamento Nova Cotriguaçu, de uso sustentável da terra para evitar o êxodo rural.

Atividade promoveu encontro de diferentes gerações. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

Atividade promoveu encontro de diferentes gerações. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

“O agricultor, se usa o pesticida, acaba respirando o veneno. Hoje pessoas do campo com câncer, podem ter adquirido a doença por causa disso…”, disse a agricultora familiar Edna Pereira de Farias, do P.A. Juruena. “Doenças como depressão, puberdade precoce e malformação do feto estão associadas a este uso”, acrescentou Helena de Jesus Moreira, presidente da Associação dos Produtores Feirantes de Cotriguaçu (APROFECO).

Segundo ela, um caminho alternativo e que já mostra bons resultados no município são as hortas comunitárias que utilizam princípios agroecológicos, com defensivos naturais e compostagem. Jovens da Comunidade Ouro Verde, no P.A. Cotriguaçu, já deram início a esta experiência, constituindo o grupo Jovens a Força do Futuro, neste ano.

Durante as apresentações, os participantes ressaltaram ainda que a falta de apoio técnico é um dos principais problemas enfrentados pelos agricultores familiares. Ao mesmo tempo, há um processo de avanço em andamento, com a elaboração da proposta de um projeto de Lei de Extrativismo com apoio do Conselho Municipal de Meio Ambiente ao Executivo, que propõe a regularização da situação dos trabalhadores rurais e facilitação da relação com os proprietários de terra onde estão localizadas as matérias-primas.

A oficina também tem o apoio do Projeto Cotriguaçu Sempre Verde – Fase II, realizado pelo ICV, que busca consolidar uma nova trajetória de desenvolvimento municipal, pautada na construção de soluções sustentáveis de produção e governança socioambiental. O projeto iniciado em 2011 tem o apoio do Fundo Vale.

Categorias

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo