02 jul 2015
Notícias

Segurança alimentar e nutricional é tema de conferência nesta sexta-feira em Cotriguaçu

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Agricultora familiar Maria Margarida, da comunidade Santa Clara, no PA Nova Cotriguaçu, trabalha em esquema de mutirão em oficina de horticultura orgânica comunitária ministrada pelo ICV. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

Agricultora familiar Maria Margarida, da comunidade Santa Clara, no PA Nova Cotriguaçu, trabalha em esquema de mutirão em oficina de horticultura orgânica comunitária ministrada pelo ICV. Foto: Sucena Shkrada Resk/ICV

O município de Cotriguaçu, Mato Grosso, Amazônia, terá sua 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, nesta sexta-feira, 3 de julho, na Câmara Municipal. O evento será realizado entre as 7h30 e 17h e é aberto ao público. O tema do evento é “Comida de Verdade no Campo e na Cidade”. A cidade é uma das que tem maior extensão rural no estado, localizada nos Projetos de Assentamento de Cederes, Juruena e de Nova Cotriguaçu. Nestas áreas há 2.033 agricultores familiares cadastrados, de acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Assuntos Fundiários.

Segundo Sirlene Espíndola, secretária do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Cotriguaçu (Comsea), e uma das organizadoras da programação, um dos destaques no período da manhã será a palestra que será ministrada pelo conselheiro estadual Ailton Amorim, sobre o tema do encontro.

“No período da tarde, os grupos participantes se dividirão para propor iniciativas a serem efetivadas para melhoria da qualidade da alimentação e o combate ao uso de agrotóxicos, entre outros temas. Também serão eleitos três delegados para representar Cotriguaçu na Conferência Estadual, que acontece no dia 20 de agosto, em Cuiabá”, explica.

Solène Tricaud, analista do Instituto Centro de Vida (ICV), reforça a importância da conferência municipal em estabelecer um espaço de discussão sobre a situação do município quanto ao tema e consequentemente sobre a garantia de direitos para o fortalecimento da agricultura familiar local. “É um espaço que nos obriga a repensar os modelos de produção de alimentos. Entram em jogo também as políticas públicas do setor, como Assistência Técnica e Rural para produtores e as compras institucionais, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)”, diz.

A 1º Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Cotriguaçu tem o apoio do ICV e da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

Veja também:

Amazônia: horticultura orgânica mobiliza participantes de três comunidades em Cotriguaçu

Encíclica papal faz uma leitura sobre a situação das desigualdades no campo da agricultura no cenário mundial

Jovens e agricultores familiares exercitam a prática do círculo das bananeiras

Professores de escola do campo fazem imersão na agroecologia

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo