19 mar 2015
Notícias

Vídeo de animação conta história de conquistas ambientais de Alta Floresta

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Irene Duarte do ICV mostrou o vídeo ao prefeito e representantes da Educação e Meio Ambiente. Foto: Raíssa Genro/ICV

Irene Duarte do ICV mostrou o vídeo ao prefeito e representantes da Educação e Meio Ambiente. Foto: Raíssa Genro/ICV

Raíssa Genro/ICV

 

Em 1976 nascia Alta Floresta, um dos muitos municípios dentro da Amazônia fundado na lógica de desenvolvimento que não reconhecia o valor da floresta, e a necessidade de pensar nos impactos e nas consequências de sua derrubada.  Quase três décadas depois as coisas mudaram: com o desmatamento e as queimadas sem controle, o governo federal começou a agir: madeireiros foram presos, a cidade entrou para a lista do municípios críticos do Ministério do Meio Ambiente, os produtores ficaram sem acesso a crédito. A degradação ambiental levou a um cenário de falta de água num município em plena Amazônia. Foi aí que os moradores entenderam que era preciso viver de forma mais sustentável e deram início a uma série de ações que reverteu esse quadro: Alta Floresta saiu da lista, voltou a ter crédito e caminha para o desenvolvimento de cadeias produtivas sustentáveis.

Esta é a história contada no vídeo Alta Floresta: município em busca da sustentabilidade, elaborado pelo Instituto Centro de Vida (ICV) e apresentado para Asiel Bezerra, prefeito de Alta Floresta e para os representantes das secretarias de Educação, Luciana Carneiro, e de Meio Ambiente, José Alessando Rodrigues nesta semana.

“É importante mostrar esta história, desconhecida por muitos moradores”, comentou Luciana. A animação, com três minutos de duração produzida pela Forest Comunicação está disponível no canal do ICV no youtube além de cópias em cds com encarte que resume o conteúdo que serão distribuídas para as escolas do município e encaminhadas para associações e clubes de serviço.

Hoje, mais de 80% das propriedades de Alta Floresta possuem o Cadastro Ambiental Rural (CAR), as queimadas e o desmatamento foram reduzidos e estão sob monitoramentos, os pecuaristas iniciaram um processo de implantação de boas práticas, e as nascentes estão sendo recuperadas, mas ainda há muito por se fazer. “Alta Floresta se destaca por iniciativas de sucesso através da mobilização da sociedade que possibilitaram muitas conquistas na área ambiental. É preciso manter estas conquistas sem retroceder, pois disso depende o futuro que teremos”, ressaltou Irene Duarte, coordenadora da Iniciativa Municípios Sustentáveis do ICV.

Categorias

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo