12 ago 2014
Notícias

Equipamentos transforam produção de agricultores familiares no noroeste de Mato Grosso

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais

Raíssa Genro / ICV

Início da construção do espaço de trabalho do grupo de mulheres da comunidade Ouro Verde

Início da construção do espaço de trabalho do grupo de mulheres da comunidade Ouro Verde. Foto: Arquivo ICV

A batalha de agricultores familiares para produzir com mais sustentabilidade social, ambiental e econômica na região noroeste de Mato Grosso acaba de ganhar um importante apoio.  Quatro associações, quatro grupos de mulheres e um grupo de produtores de leite das comunidades Santa Clara, Nova Esperança, Novo Horizonte e Ouro Verde, localizados no assentamento Nova Cotriguaçu, em Cotriguaçu, receberam materiais de construção, como tijolos, cimento e telhas, equipamentos comunitários de cozinha, como freezers, fogões industriais, pias de inox, além de equipamentos comunitários de produção, como roçadeiras e arames. Com isso, os grupos terão espaço e equipamentos próprios para trabalho e produção.

A distribuição desses materiais e equipamentos é uma forma de apoiar a construção e adequação de um local de trabalho, melhorar a qualidade das atividades de geração de renda, como o beneficiamento coletivo do coco do babaçu e da farinha de mandioca, a produção de conservas, doces, bolos e pães para poder comercializá-los além de desenvolver cadeias produtivas agroecológicas e boas práticas agrícolas.

A escolha do que comprar foi feita em conjunto com as associações e os grupos levando em consideração os planejamentos estratégicos de cada um e cuidando para que os orçamentos fossem equivalentes. Todo esse trabalho foi desenvolvido ao longo de três anos como parte das atividades do projeto Cotriguaçu Sempre Verde, desenvolvido no município pelo Instituto Centro de Vida (ICV) e parceiros. “Foi um breve ensaio de como seria a gestão de um pequeno fundo solidário e um incentivo a mais para que eles produzam cada vez mais sem utilizar agrotóxicos, pois com as aquisições poderão fazer suas roçadas e plantios direto sem usar veneno”, ressalta Elisangela Sodré, educadora de práticas sustentáveis do ICV.

A consolidação desse trabalho está trazendo esperança para famílias que há muito tempo conviviam com a falta de infraestrutura e apoio. “Vai dar uma alavancada na Associação, mais ânimo. Nós nem sonhava que um dia chegaria uma roçadeira aqui pra gente e agora é realidade. Essa roçadeira vai ser muito útil, com ela vamos poder roçar no meio das ruas de café, roçar o mato para fazer plantio direto, diminuir a erosão e o uso de veneno”, comemora Moisés de Jesus, presidente da Associação dos Pequenos Produtores Juntos Chegamos Lá, da comunidade Novo Horizonte.

O projeto

O projeto Cotriguaçu Sempre Verde visa contribuir para a construção de uma nova trajetória de desenvolvimento socioambiental e econômico para esse município. Desenvolve iniciativas que aliam o apoio a gestão ambiental municipal, o bom manejo florestal (Prodemflor), as boas práticas agropecuárias, o apoio à governança social e ambiental nos assentamentos e a integração das áreas protegidas. O projeto é desenvolvido pelo Instituto Centro de Vida (ICV) e parceiros com apoio do Fundo Vale.

Tags:

Categorias

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo