21 Maio 2013
Notícias

Palestra com pesquisador do Imazon marca encerramento do curso avançado sobre REDD+

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Djhuliana Mundel / ICV

“O curso colocou a disposição dos participantes conteúdos atualizados e especialistas de renome internacional. Com isso, o grupo de trabalho de REDD+ está muito bem preparado para dar os próximos passos na regulamentação do sistema em Mato Grosso”. Assim avaliou Laurent Micol, coordenador executivo do Instituto Centro de Vida (ICV), após o encerramento do Curso Avançado: Instrumentos técnicos para REDD+, rumo à implementação do Sistema Estadual de REDD+ em Mato Grosso, realizado pelo ICV em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). O último encontro dos participantes foi realizado nesta segunda-feira (20), em Cuiabá, com palestra do Carlos Souza, pesquisador sênior do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que falou sobre monitoramento das emissões do desmatamento e degradação florestal.

O curso, voltado para servidores da Sema envolvidos na implantação do REDD+ no estado e membros do grupo de trabalho (GT) de REDD+ do Fórum Mato-grossense de Mudanças Climáticas, foi realizado no período de março a maio deste ano.

Dividido em quatro módulos, o curso abordou temas como padrão e metodologias do Verified Carbon Standard (VCS), monitoramento de emissões e mapeamento de biomassa, salvaguardas socioambientais e registro e contabilidade de reduções de emissões. Durante as palestras, os participantes trocaram informações com especialistas nacionais e internacionais envolvidos na implementação do REDD+ em outros países e no Acre, primeiro estado brasileiro a aprovar um sistema estadual de REDD+.

Maurício Phillip, coordenador de Mudanças Climáticas da Sema, disse que o curso foi importante para conhecer diferentes iniciativas, metodologias e trabalhos científicos já realizados. “Essas informações servirão para nortear e subsidiar as ações futuras, visando à construção de instrumentos técnicos para a implementação do REDD+ em Mato Grosso”, disse ele.

Laurent Micol ressaltou que os elementos para implementação do Sistema Estadual de REDD+ estão colocados. “Agora é necessário um engajamento político do Estado para que ele seja de fato implementado”, disse o coordenador, acrescentando que o ICV está à disposição para continuar auxiliando nesse processo.

Essa atividade faz parte do Projeto Preparando o Brasil para REDD+: apoio ao Pará e Mato Grosso, desenvolvido pelo ICV com apoio da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID – sigla em inglês).

Veja outras fotos do curso no nosso Flickr.

Sobre o REDD+
O REDD+ é um mecanismo que está em discussão no âmbito nacional e internacional visando a Redução das Emissões de gases de efeito estufa oriundos do Desmatamento e da Degradação Florestal aliados à conservação, ao manejo florestal sustentável e ao aumento dos estoques de carbono florestal.

Em Mato Grosso, a lei que criou o Sistema Estadual de REDD+ foi aprovada pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2012, sancionada pelo governador Silval Barbosa e publicada no Diário Oficial no dia 07 de janeiro de 2013.

Saiba mais sobre o Sistema Estadual de REDD+ aqui.

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo