21 mar 2013
Notícias

Curso de especialização promove reflexão sobre atuação de organizações junto à agricultura familiar

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Andrés Pasquis / ICV

O Instituto Centro de Vida (ICV), o Instituto Ouro Verde (IOV), a Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) e a Universidade da Flórida (UF) realizaram entre os dias 12 e 19 de março, em Alta Floresta/MT, o primeiro módulo do curso de Especialização em Gestão Integrada de Sistemas Socioeconômicos da Produção Familiar na Amazônia Legal. O curso é dirigido aos técnicos e analistas dessas instituições que, ao final dos cinco módulos que o compõem, receberão um título de especialização em nível de pós-graduação.

O conteúdo do curso inclui diversos temas como a agricultura familiar e identidade, a análise de sistemas socioeconômicos, a mediação de conflitos, a ocupação da Amazônia e os diferentes tipos de pesquisa relacionados com essa temática. No entanto, o processo de aprendizagem se destaca por ser uma elaboração de pensamento através do conhecimento e da discussão entre os diversos atores participantes, graças a um processo de reflexão livre, individual e em grupo. Dentro dessa lógica foram realizadas várias atividades de campo, como por exemplo, a visita a Usina Hidrelétrica localizada em Paranaíta, além de palestras variadas e entrevistas realizadas com vários setores (populações urbanas, assentados, representantes da sociedade civil organizada, de órgãos públicos e privados, entre outros).

Depois de estudar o material resultante desse trabalho e evidenciar as principais problemáticas sobre relações, interesses e conflitos, os integrantes fizeram um exercício de planejar possíveis estratégias de intervenção. Também foi iniciada uma conversa sobre elaboração de pesquisa na perspectiva de entender os desafios pessoais levantados pelos técnicos: como isso agrega, complementa, contribui para uma estratégia institucional com relação ao curso. Esses subsídios servirão de base para o desenho de uma primeira proposta, que será aprofundada no segundo módulo do curso, previsto para os meses de julho e agosto.

Segundo Camila Rodrigues, coordenadora do Programa de Sustentabilidade do ICV, durante esses sete dias, foi possível trabalhar em três dimensões: indivíduo, instituição e comunidades. “Nessas dimensões tentamos conectar objetivos pessoais, com estratégias institucionais e o trabalho que realizamos a campo junto à agricultura familiar. Isso é necessário para entender o papel estratégico da agricultura familiar e qualificar o debate institucional sobre justiça ambiental”, disse a coordenadora. Ela agregou ainda que a experiência será muito enriquecedora para a visão e missão de sua própria instituição.

Renato Farias, coordenador adjunto do ICV, destaca a importância da proposta construída em parceria entre ONG´s e Universidades para uma reflexão sobre a atuação institucional com a agricultura familiar na Amazônia. “Estamos com um espaço de reflexão sobre nossos trabalhos com setor e, a partir destas reflexões, desenvolveremos estratégias para uma atuação com melhor impacto junto a esse público”, finalizou.

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo