08 Maio 2012
Notícias

Cotriguaçu entrega projeto para o Fundo Amazônia

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

– Daniela Torezzan / ICV

Iniciativa busca apoio para desenvolver atividades sustentáveis no município

O projeto ‘Semeando Novos Rumos’, que pretende fortalecer a gestão ambiental no município de Cotriguaçu, foi entregue por uma comitiva do município a representantes do Fundo Amazônia e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na última semana, durante o Seminário estratégias e projetos para um município verde na Amazônia, realizado em Alta Floresta.

A proposta, de R$ 8 milhões, prevê atividades para a estruturação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente como órgão independente (atualmente inclui Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Assuntos Fundiários), Cadastro Ambiental Rural (CAR), recuperação de áreas degradadas, incentivo a cadeias produtivas sustentáveis, gestão para entornos de Unidades de Conservação, assistência a pequenas propriedades rurais de agricultores familiares, entre outras.

De acordo com Elaine Castanha Bonavigo, servidora da prefeitura municipal, o projeto é resultado de meses de trabalho desenvolvido pela Secretaria e Conselho Municipal de Meio Ambiente (CMMA) com apoio do Instituto Centro de Vida (ICV) e da Coopercotri. “A ideia nasceu inspirada nos exemplos de Paragominas (PA) e Alta Floresta (MT) durante viagens que fizemos para conhecer essas experiências. Com apoio dos parceiros, percebemos que poderíamos fazer algo para ajudar no desenvolvimento do nosso município”, explicou.

Para Jair Klasner, secretário da pasta, a grande diferença na concepção da proposta é o envolvimento da sociedade de Cotriguaçu, representada através do CMMA. “O Conselho garante a neutralidade da proposta, já que os benefícios que estamos buscando são para o município todo e vão muito além de uma iniciativa da atual administração”, argumentou.

As iniciativas para desenvolver atividades sustentáveis em Cotriguaçu não vão parar neste primeiro projeto. De acordo Renato Farias, coordenador adjunto do ICV, uma nova proposta já está sendo desenhada. “O próximo passo é participar de uma chamada pública de cadeias produtivas sustentáveis”, adiantou.

Esse novo projeto pretende apoiar comunidades rurais, numa continuidade e ampliação do trabalho que já vem sendo desenvolvido pelo instituto no município, segundo informou Suzanne Scaglia, educadora em práticas sustentáveis do ICV. “Já estamos fazendo reuniões e vamos utilizar as informações que coletamos durante um ano do projeto Cotriguaçu Sempre Verde para desenhar essa nova proposta”, disse.
O projeto Cotriguaçu Sempre Verde

O Projeto Cotriguaçu Sempre Verde, executado pelo Instituto Centro de Vida (ICV) e parceiros com apoio do Fundo Vale, visa promover uma nova trajetória de desenvolvimento social e econômico para esse município, pautada na conservação e no manejo sustentável dos recursos naturais. Para isso, as ações estão organizadas em cinco grandes componentes: estruturação da gestão ambiental municipal, programa de desenvolvimento do bom manejo florestal (Prodemflor), programa de boas práticas agropecuárias (BPA), apoio à governança sobre os recursos naturais nos assentamentos e plano de gestão territorial em Terras Indígenas.

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo