09 maio 2010
Notícias

Mais de 70 coletores reúnem-se em Sinop no V Encontro da Rede de Sementes do Xingu

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais

– Augusto Pereira / Estação Vida

Terminou hoje em Sinop o V Encontro da Rede de Sementes do Xingu com participantes de vários municípios da bacia do Xingu e de fora dela. A Rede de Sementes do Xingu é uma articulação de agricultores familiares para fornecer sementes florestais para o plantio de áreas degradadas. A recuperação de passivos ambientais é uma necessidade da agricultura em Mato Grosso.

Para atender a essa imensa demanda de recuperação foi montada em 2007 a rede. Essa articulação tem promovido encontros para definir a sua organização e negociar preços das sementes florestais e agrícolas. Em Sinop, mais de 70 pessoas, entre agricultores, indígenas e técnicos participaram do encontro. Foi um momento de redefinir critérios para fazer parte da Rede de Sementes.
Marçal Ribeiro, agricultor assentado em Entre Rios, Nova Ubiratã, diz que não se pode aceitar desmatadores e coletores de semente que danificam árvores pensando no lucro. Entre os critérios estão o respeito a árvore matriz, o compromisso de fornecer sementes de qualidade e o de não coletar todas as sementes de uma árvore. Dessa forma ficam sementes na natureza para a manutenção da floresta e os compradores de sementes terão a garantia de sementes de qualidade.
O evento é realizado pelo ISA (Instituto Socioambiental), ICV (Instituto Centro de Vida), Formad (Fórum Mato-grossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento) e buscou fortalecer as relações entre agricultores. Em dois anos os organizadores esperam que os próprios coletores sejam capazes de manter a comercialização e realizar encontros como esse. A autonomia é o caminho para a rede.
Enquanto isso os coletores podem acessar o fundo rotativo de sementes. Uma espécie de microcrédito para comprar ferramentas, carro de mão, combustível… O que for necessário para a coleta e transporte das sementes. O valor pode ser pago ao fundo com mais sementes.
Para proteger a agricultura, a biodiversidade e as populações nessa região foi criada a campanha Y Ikatu Xingu. A bacia do rio Xingu abrange 35 municípios em Mato Grosso e estende-se pelo Pará até alcançar o rio Amazonas.
Tags:

Categorias

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo