11 maio 2015
Notícias

Municípios, governo e sociedade civil debatem Planos de Metas do PMS

Autor: Assessoria de comunicação

Compartilhe nas redes sociais
Abertura do 1º Workshop PMS para implementação do Código Florestal e construção do Plano de Metas do PMS. Foto: Djhuliana Mundel / ICV

Abertura do 1º Workshop PMS para implementação do Código Florestal e construção do Plano de Metas do PMS. Foto: Djhuliana Mundel / ICV

Representantes de 54 municípios de Mato Grosso, de secretarias de governo e organizações da sociedade civil estarão reunidos, nesta semana, em Cuiabá, no 1º Workshop PMS para implementação do Código Florestal e construção do Plano de Metas do Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis (PMS). O evento tem o objetivo de auxiliar os municípios na construção de um planejamento estratégico para o cumprimento das metas do PMS e melhorar o entendimento técnico sobre o Código Florestal.

Na abertura do evento, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (11), Carlos Fávaro, vice-governador de Mato Grosso, disse esperar que o Workshop se torne um marco da regularização fundiária de Mato Grosso devido ao potencial que o PMS tem de promover o fortalecimento das cadeias produtivas. “Espero que esse evento se torne um marco na regularização fundiária no estado. Acredito sim que é possível ter grandes negócios também nas pequenas propriedades e isso passa pela regularização ambiental, que é um dos pilares do PMS. Pretendemos que esse seja um legado desse governo”, defendeu.

Ana Luiza Peterlini, secretária de Estado de Meio Ambiente, disse que o envolvimento dos atores locais em uma força tarefa com o governo e organizações da sociedade civil é essencial para que o programa cumpra seu objetivo. “Nem os municípios, nem o Estado e nem a União tem condições de desenvolver um programa de regularização ambiental sozinhos. É fundamental o envolvimento de todos nesse objetivo, pois o PMS vem para auxiliar a regularização e fortalecer as cadeias sustentáveis locais”, explicou a secretária.

O Plano de Metas é o primeiro passo dos municípios após aderirem ao PMS. Foto: Djhuliana Mundel / ICV

O Plano de Metas é o primeiro passo dos municípios após aderirem ao PMS. Foto: Djhuliana Mundel / ICV

“Mato Grosso é o estado do agronegócio, mas não só dos grandes produtores, precisamos tirar do anonimato as milhares de famílias que vivem da agricultura familiar. Temos potencial de produção oriundos da agricultura familiar que são subaproveitados e o PMS vem ao encontro dessas pessoas”, ressaltou Irene Duarte, coordenadora da Iniciativa Municípios Sustentáveis do Instituto Centro de Vida (ICV).

O Plano de Metas é o primeiro passo dos municípios após aderirem ao Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis e contém as ações a serem realizadas nos âmbitos ambiental, social e econômico. O prazo para apresentação do documento se encerra em 15 de junho.

O 1º Workshop PMS para implementação do Código Florestal e construção do Plano de Metas do Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis segue até quarta-feira (13), no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. O objetivo é que ao final do Workshop seja elaborada a agenda de trabalho para o envio dos Planos municipais e revisão pela equipe de assessoria do PMS.

Confira a programação aqui.

Saiba mais sobre o Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis aqui.

Galeria de Imagens: clique para ver em tela cheia

Tags

Leia também...

© 2020 - Conteúdo sob licenciamento Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil ICV - Instituto Centro de Vida

Desenvolvido por Matiz Caboclo